Terrorismo

 



Chanceler moderado do Taleban se rende

Abdul Muttawakil entrega-se a funcionários afegãos e é levado para base americana
Fonte: Estadão
09.Fev.2002


WASHINGTON – O ministro das Relações Exteriores do deposto regime Taleban no Afeganistão, mulá Abdul Wakil Muttawakil, entregou-se ontem às autoridades afegãs em Kandahar, no sul do país, e foi transferido para uma base americana instalada no aeroporto da cidade, informaram fontes do Pentágono. Muttawakil, considerado um membro moderado do regime, estava sendo interrogado ontem mesmo pelas autoridades americanas, que esperam obter dele informações valiosas sobre o possível paradeiro do líder supremo do Taleban, mulá Mohammed Omar, e do terrorista saudita Osama bin Laden. A chancelaria afegã não confirmou nem desmentiu a rendição.

Ao mesmo tempo, soldados das forças especiais dos EUA se dirigiam a um local remoto do leste do Afeganistão, onde um míssil disparado de um avião não-tripulado Predator atingiu na segunda-feira um comboio supostamente da organização terrorista Al-Qaeda. A operação de busca dos cadáveres deveria começar nas primeiras horas a partir do amanhecer de hoje.

De acordo com relatos de alguns funcionários americanos, sete integrantes do comboio foram mortos – entre os quais um homem de aproximadamente 2 metros de estatura, que aparentemente era escoltado pelo restante da caravana. Tanto Bin Laden quanto outros dos principais dirigentes da Al-Qaeda têm essa estatura.

O mau tempo estava impedindo, até agora, que as forças americanas se aproximassem do local do disparo, o que alimentou as especulações de que Bin Laden estaria entre os mortos no ataque. Indagado por jornalistas sobre se considerava realista as versões de que o terrorista poderia estar morto, o secretário de Defesa dos EUA, Donald Rumsfeld, declarou que não pretendia especular sobre essa possibilidade. “Nós simplesmente não temos nenhuma idéia sobre isso”, respondeu. (Reuters e Associated Press)




Voltar